O que você aprendeu com “Cinquenta Tons de Cinza ” ?

Rate this post

O QUE EU APRENDI COM A TRILOGIA 50 TONS DE CINZA

 


O que eu aprendi com a trilogia 50 Tons de cinza, bem foram tantos ensina}mentos, mas vou contar alguns deles.

Uma pessoa pode tirar a outra da escuridão e ajudá-la a vencer seus piores medos, e através disso uma vai aprendendo com a outra a lidar com as dificuldades juntos, assim pode nascer um verdadeiro amor.
A perceber que a pior dor que um individuo pode possuir é a dor interior e se essa dor não for cessada a tempo pode acarretar em problemas horríveis ao longo da vida de uma pessoa.
Aprendi também que quem ama cuida, cuida do seu jeito que pode até ser torto, mas essa pode ser a única forma que ela aprendeu de demonstrar o seu amor. Cabe a nós compreendermos um ao outro.
A personagem Ana nunca foi submissa, o Christian sim, ele sempre foi submisso dos seus medos, da sua infância, da sua ex até encontrar a Ana e ambos perceberem que o amor quebra a submissão.

Aprendi a amar o Charlie Tango, a banda Coldplay principalmente a música “The Scientist” , também a repudiar a Mrs. Robinson

 

Confissão de Fã:

  • ROSI

    OBRIGADO!!!!!

  • Leh

    Esse ator de White collar(bomer) é maravilhoso. O ian é perfeito mas o jeito do bomer combina muito maais cm o Grey. O Ian é lindo ,desejável,sensual e tudo de bom..mas o bomer tem uma cara de carente(que no fundo o Grey passa isso) fora todas as qualidades que citei referente a Ian ele ainda mostra um jeito “me pega”.. já o Ian é uma cara de “vou te pegar” a sensualidade ultrapassa os limites.

  • EZ

    Concordo com Leh..Antes de ler a obra torcia para vir o Ian fazendo o personagem. Depois que li a história imaginei o Christian da forma de ator (bomer)

  • Dani

    Amei as respostas e concordo com todas, independente dele ser gay ou não, ator serve para interpretar não é?….e olha bem esse rosto, é o Mr. Grey perfeito….

  • mila

    Geeeente, a ana diz vaaaaaaaaaaarias vezes nos livros que ele tem OLHOS CINZA PROFUNDOS esse ator tem olhos verdes, acho que não combino.. apesar de que eu achei ele PERFEITO, seria o IDEAL GREY, pena pelos olhos..

  • Linee

    Genteee, esse Bomer é o Sr. Christian grey!!!!! Tem que ser ele para interpretar, ele é exatamente como Anastacia o descreve, fora os olhos, mas lentes de contato são para isso…. 😉

  • SIMONE

    NOSSA MUITO BOM ADOREI OS LIVROS .FOI UMA LEITURA MARAVILHOSA
    O AMOR PODE MESMO MUDAR AS PESSOAS .

  • susana

    confesso que demorei um pouco para entender toda a celeuma em torno desses livros, e li alguns comentários a respeito e este seu me foi bastante esclarecedor. Eu não pretendi ler a tal obra, e, depois do que escreveu, quem sabe o leia, porque não sou afeito a tecer comentários bondosos ou maldosos sem pleno conhecimento do assunto. Bem, baseando-me apenas no que li sobre os tons, penso que se os livros de alguma forma trazem alguma contribuição à desmistificação das relações íntimas entre as pessoas já valeram. Infelizmente, ainda há muito tabu nesse assunto, muito preconceito, muito pudor (falso ou verdadeiro), mentalidades retrógradas e, pasmem, perseguições de todo tipo, sabemos todos disso. Em minha concepção, duas pessoas, que se amem ou apenas se curtem, têm mais é que viver o momento do sexo da maneira mais plena que puderem, sem amarras, sejam elas éticas, morais, religiosas etc… Com o consentimento de ambos, nada é proibido…

    • dirce

      Susana, gostei dos seus comentários sobre 50 tons, apesar de você nao ter lido. A maior parte das pessoas que criticam e condenam a obra não leram ainda. Realmente acredito que a obra traz uma grande contribuição para a desmistificação das relações íntimas e acho também que os homens deveriam ler melhorar a vida conjugal.

    • Elaine Gomes

      concordo plenamente

    • Camila Ballestero da Silveira

      Susana, como uma fã, lógico que vou recomendar a leitura do livro, e pegando carona no post (que tirou as palavras da minha boca), digo que o livro é um romance. Sim, não é um livro de sexo (como os da Sylvia Day), é um livro sobre relacionamento, claro que com cenas de sexo, mas nada que não poderia acontecer comigo ou com vc. A Dirce falou tudo, a maioria das pessoas que criticam, e que pior, dizem que o livro é machista, não o leram (tenho uma amiga feminista que ainda não consegui convencer a ler…rs). Boa leitura e espero que goste tanto quanto nós!

      • Bernadete Dumas Damásio

        concordo plenamente, um lindo romance , com amor, sexo, mistério, sofrimento, alegria…Me emocionei, me excitei…..simplesmente…adorei.Li,m reli e novamente…li….

      • thayanne almeida

        “…digo que o livro é um romance. Sim, não é um livro de sexo (como os da Sylvia Day), é um livro sobre relacionamento, claro que com cenas de sexo, mas nada que não poderia acontecer comigo ou com vc.” Vc disse tudo que penso sobre esta trilogia Camila. 50 Tons nada mais é do que um romance que mostra que o amor é capaz de ultrapassar os mais difíceis obstáculos. As cenas de sexo apimentam a história, mas não é torno disso que a obra gira. E.L James está de parabéns só por trazer a tona questionamentos sobre o tema, e fazer muitos mudarem sua postura diante de algo que é tão natural. Sexo é sexo…não tem nada demais falar sobre algo que todo mundo faz.

  • thayna

    Qual é o nome desse filme que o matt boomer fez, que é o clip acima?

    • Dani Machado

      É um seriado, White Collar

  • marcia angelo sales

    Thayna todos esses clipes que vc ta vendo ai do Matt bomer são da serie whaete collar que passa na fox.toda sena que vc ver dele nesses trailer são da serie .

  • Adriana

    eu posso dizer que aprendi muito; aprendi que todos nós temos um lado de cristian grey, um lado anastacia, um lado elena outro lado lincon. Cristian pelo lado de posse, eu tenho eu quero, um lado protecão e esse lado de DOMINADOR. Um lado Anastacia meio inocênte, meio subimissa por agreditar muito nas pessoas e em ter determinacão para lutar pela família e seu amor. Elena por querer ter o que não pode. E o Lincon por se vingar das pessoas que te atrapalha,te faz mal. Aprendi que além disso tudo somos como Cristian aprender a amar se ter medo de passar por tudo.

  • Victória Brito

    Matt Bomer pra mim, sempre será o meu Christian Grey <3

  • sol

    Eu amei o livro, e tenho certeza que vou amar o filme .Não vejo a hora dele ser lançado aqui no Brasil..

  • Deysiane Bispo

    Desculpem amantes de 50 tons, mais foi só eu que derramei lágrimas vendo que tudo que li se tornou realidade?? meu coração bateu a millllllll….

  • Eleni

    Eu aprendi assim como a Ana que todas nós, por mais recatadas que possamos ser, ou desconhecedoras de nossa vaidade,e sexualidade sempre a temos em algum lugar.
    E quando alguém desperta é claro que algo especial acontece. Um deu ao outro nada mais, nada menos o que tinha, e que era o que o outro procurava, ou nem sabia que precisava. Mas ao encontram-se ouve essa conexão de corpo, alma, desejo e descoberta que abre para ambos um portão irrevogável, que uma vez cruzado, poderão ser de fato um casal apaixonado com total convicção que um foi feito para o outro. Como deve pensar as almas gêmeas. Amor para toda vida.