Livro “O Deputado” fernanda Terra

Rate this post

Um conto de fadas moderno, no qual podemos ver claramente a princesa sonhadora entrando pela porta da frente do castelo que sempre idealizou.
Mais o que esse castelo pode lhe reservar?
Será que toda sua idealização sonhadora pode vir por água abaixo, quando a vida real bater em sua porta, ou o amor e o encantamento falarem mais alto?
O príncipe, não necessariamente, precisa ser o mais perfeito do mundo, pode ter inúmeros defeitos, como qualquer ser humano na face da Terra. Mas, e se suas qualidades sobressaírem a tudo que se identificar com sua princesa?
Isso fará o amor falar mais alto quando sua arrogância e prepotência aparecerem?
Ou a princesa terá que usar sua tática infalível.
Não o mude para amá-lo… Ame-o para mudá-lo!
Artur Sebastian Scott, um político bilionário e famoso, que com todo o seu poder advindo de sua família, através de gerações, tornou-se uma pessoa arrogante, esnobe, prepotente e completamente duro.
Linda Marilyn Stevens, uma jornalista formada em direitos políticos. Carinhosa, carismática e amorosa, porém não menos determinada. Carrega em si um sonho que considera impossível de realizar.
Mas, e se o universo decidisse conspirar para que seu mais lindo e enigmático sonho se tornasse real?
E se as portas do castelo começassem a se abrir única e exclusivamente para ela?
O que será que esse conto de fadas moderno reservaria a nossa meiga jornalista?
Quando ele a conhece a atração é imediata…
Quando seus destinos se cruzam, eles se entregam a mais linda história de um tórrido amor. E com Linda, Artur encontrará o coração perdido no meio de tanta dureza, arrogância, e comprometimento a sua profissão.
Com ela o poderoso político se transforma em um novo homem, completamente entregue e apaixonado.
Ele a conquistaria de todas as maneiras inimagináveis. Usando de todo seu dinheiro, sedução e principalmente esse sentimento desconhecido chamado amor, para colocar o céu aos seus pés.
Mas será Linda que iria conseguir, com sua meiguice e determinação, se interpor entre a vida do homem apaixonado e a do político severo.
O que será que a vida real preparará para esse casal?
Até onde suas carreiras poderão ser abaladas por esse amor?
Assumir será o certo a fazer em meio às eleições?
Será que Linda entenderá as atitudes que Artur tomará sozinho?
Será que esse amor resistirá às investidas da mídia?
Será que os dois chegarão a uma decisão boa para ambos?
Muitas perguntas sem respostas…

CAPITULO *
-Princesa, eu quero muito beijar você, – lhe dei um selinho – te jogar nessa cama – . – Porém, estou curioso. O que sua mãe quis dizer com… “Eu durmo com você há muito tempo?” – ela bufou saindo dos meus braços, e foi em direção a sua mesa de estudos.
-Você sempre foi a parte mais instigante da minha pesquisa Scott, Artur – ela suspirou trazendo uma pasta, e entregando-me. – A parte mais envolvente, pela qual eu passava noites suspirando – abri a pasta e vi ali uma bibliografia completa, minha?
-Você quer dizer que sua pesquisa por minha família começou por minha causa?
-Mais ou menos – Linda sentou ao meu lado olhando para as mãos, que não paravam de mexer. – Na verdade sempre gostei de política, e principalmente do jeito de governar da sua família, mas quando eu te conheci… – sorri do seu jeito envergonhado.
-Você já era apaixonada por mim – eu estava afirmando aquilo.
-Agora você vai se sentir pro resto da vida – sorri do seu rosto envergonhado, pegando-a no colo.
-Eu já me sinto, princesa – ela bateu em meu braço. – Ai, isso dói.
-É pra doer mesmo, estou morrendo de vergonha – ela escondeu a cabeça no meu peito.
-De mim, princesa, sou eu, lembra? – tentei erguer seu rosto.
-Mas isso era… Quer dizer…
-Linda, você sempre me amou. Você se guardou para mim.
-Mesmo parecendo loucura, você sempre fez parte de todos os meus pensamentos, Artur. Não conseguiria me entregar a outra pessoa, que não fosse aquela que eu estivesse perdidamente apaixonada, desde os doze anos. Você sempre fez parte da minha vida, dos meus sonhos, – ela olhou para o quarto – você sempre dormiu ao meu lado aqui.
– Isso é – sorri deixando-a de frente para mim, pois precisava ver seu rosto. – Eu te amo, princesa – essa era a maior verdade de toda a minha vida.
-Oi?
-O quê? – perguntei confuso.
-Repete o que você disse – sorri e beijei a ponta do seu nariz.
-Eu te amo, Linda Marilyn – ela entrelaçou as pernas na minha cintura, ficando ainda mais grudada a mim.
-Você nunca me disse… Quer dizer…
-Eu precisava dizer em palavras? Os gestos não foram suficientes? Eu sempre te mostrei o meu amor, desde o primeiro dia – ela se escondeu novamente.
-Uma mulher sempre precisa de palavras, e gestos – ela sorriu, beijando meu peito.

 

fonte: AmazonFernanda Terra

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Gabriela Soares

    Não tem para download?

  • NúbiaM

    não achei nem pra comprar

[post_grid id='3177']